Um projeto do Departamento de Saúde Ambiental, em parceria com o Consultório na Rua (Conar) de Praia Grande, está oferecendo atendimento veterinário aos cães de pessoas em situação de rua. O projeto que teve início na última semana e, em apenas dois dias, atendeu 33 animais tem como principal objetivo promover a saúde tanto das pessoas quanto de seus animais. O trabalho consiste na orientação, avaliação clínica, vermifugação, vacinação e, quando permitido, castração dos animais.

Leia também

De acordo com Luiz Carlos Marono, diretor do Departamento de Vigilância em Saúde, duas veterinárias e uma auxiliar da Saúde Ambiental e a equipe do Conar percorrem as ruas de Praia Grande oferecendo esse atendimento. “ O Consultório na Rua já realiza o atendimento médico dessa população, é um consultório móvel e a equipe de saúde já conta com a confiança das pessoas em situação de rua, o que facilita a ação das veterinárias”, explica.


Uma das veterinárias do projeto, Maíra Freitas Rocha, comenta que o projeto é importante para evitar a transmissão de zoonoses (doenças transmissíveis de animais para humanos) e também o controle populacional desses animais. “Esta atuação multidisciplinar faz parte da Saúde Única, uma abordagem focada na saúde dos seres humanos, dos animais que interagem e do ambiente que estão inseridos. A equipe mantém um olhar abrangente para promover a saúde e prevenir doenças. A atuação do médico veterinário no Sistema Único de Saúde vai muito além da clínica médica voltada aos cães e gatos, trata-se de uma abordagem com foco na coletividade e no princípio de equidade, priorizando-se populações em situação de vulnerabilidade, visando a promoção de uma saúde integral”, destaca.

Você viu?

Inicialmente, o projeto acontece duas vezes por semana, até que se possa mensurar a quantidade de animais e a necessidade do atendimento.

Conar

O Programa Consultório na Rua é desenvolvido pela Secretaria de Saúde Pública (Sesap), onde os atendimentos são feitos em um veículo, tipo van, equipado com sala reservada e local para vacinas e exames para atendimento de pessoas em situação de rua. Esse trabalho também é realizado de segunda a sexta em todos os bairros da Cidade. Os pacientes são atendidos, orientados e medicados por uma equipe que conta com médicos, enfermeiros, auxiliares, além do motorista. Quando necessário, esses pacientes são encaminhados à rede de saúde do município, como as Usafas ou prontos-socorros, dependendo do caso.


Como ajudar

O ideal é orientar as pessoas em situação de rua para procurarem o centro POP. O endereço é Rua Ministro Marcos Freire, nº 6,656, ao lado do PS Quietude. O telefone de contato é 3496-5054. O local funciona nos dias úteis, das 8 às 17h, no entanto a entrada dos atendidos é feita das 9 às 12h.

Praia Grande conta com um abrigo noturno no Bairro Quietude, outro abrigo no Bairro Vila Sônia e ainda o Centro POP, também no Bairro Quietude, que atende as pessoas em situação de rua e encaminha para os serviços de assistência social e saúde do Município.

Ampliação

No dia 1º de janeiro de 2021, a prefeita Raquel Chini assinou uma ordem de serviço para estudos e implantação de mais dois abrigos na Cidade. Um no Bairro Boqueirão, outro no Bairro Ocian.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários