A Secretaria de Educação ( Seduc ) de Praia Grande inicia nesta terça-feira (20), a distribuição dos kits de alimentação escolar . Nesta edição, 38.009 alunos nos quais as famílias se encontram em vulnerabilidade social por conta da pandemia do Covid-19 receberão os mantimentos doados. Pais e responsáveis devem se dirigir até a unidade onde a criança está matriculada para retirar os itens que seriam utilizados para confecção da merenda escolar.

Leia também

Assim como ocorreu mês passado, os mantimentos não perecíveis já estarão embalados como se fosse uma cesta. Os kits de alimentação escolar neste mês contarão com os seguintes produtos: 2 pacotes de arroz (1 quilo), 1 de feijão, 2 de macarrão, 2 de biscoitos (um de maisena e um salgado) e 1 de leite. Além destes, as famílias ainda serão contempladas com carne e itens de hortifrúti, tudo com objetivo de garantir a qualidade nutricional das refeições dos alunos.

De acordo com a diretora da Divisão de Alimentação Escolar, Amanda Priscila Rousseng Prates Milan, devido ao longo período que se perdura a pandemia, a pasta municipal tem buscado atender os alunos da melhor forma. “Queremos suprir possíveis lacunas que a falta da alimentação escolar possa ocasionar nos alunos durante esse tempo. Por isso, nos preocupamos em garantir os
produtos e oferecer uma refeição de qualidade”.

Você viu?

Além de entregar os kits já embalados, a Secretaria de Educação promoveu outra mudança no esquema de distribuição dos mantimentos. Desde junho, a família que não foi retirar os alimentos por dois meses consecutivos tem o seu cadastro suspenso. “E manteremos para este mês. Para ativar a inscrição, o pai ou responsável precisa comparecer novamente à unidade escolar”, explicou
a diretora da Divisão de Alimentação Escolar.

Histórico


Com pouco mais de 36 mil famílias beneficiadas, esta edição supera a anterior na quantidade de kits de alimentação escolar que será distribuído. Em maio, a Seduc entregou 33.700 kits. Os itens são produtos que comporiam a merenda dos alunos caso a rotina de aulas presenciais estivesse ocorrendo. Entre eles, produtos não perecíveis e carne, além de componentes de hortifrúti
previamente embalados.

Entregues com objetivo de auxiliar as famílias, os kits são montados para atender à necessidade dos alunos. Por isso, ocorre a variação dos produtos doados a cada nova etapa de distribuição. Fazem parte dos itens fornecidos alimentos perecíveis, assim como aqueles com data de validade estipulada para os próximos meses e demais itens.

Com a distribuição, a pasta municipal tem papel importante na garantia da alimentação dos alunos em vulnerabilidade social. Devido às questões familiares, antes mesmo do período pandêmico, algumas crianças aproveitavam a refeição oferecida nas escolas municipais para suprir a necessidade nutricional recomendada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários