Em menção e apoio ao Setembro Amarelo , mês de prevenção ao suicídio , a fachada do Palácio das Artes, em Praia Grande, ficará iluminada com a cor que simboliza a campanha. Até o fim deste mês, as luzes amarelas remetem à conscientização acerca da depressão e outros transtornos que levam ao suicídio.

O mês foi escolhido pela Associação Brasileira de Psiquiatria em 2014, já que dia 10 de setembro é, oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. Desde então, a campanha vem crescendo, sendo difundida durante todo o ano com o apoio de instituições públicas e privadas.

Todos os anos, no Brasil, são registrados mais de 13 mil suicídios, sendo que 98% dos casos são relacionados à transtornos mentais como a depressão e o transtorno bipolar.

A campanha Setembro Amarelo é divulgada por meio do site setembroamarelo.com . Na página, são disponibilizados diversos materiais de apoio, como uma cartilha que apresenta informações importantes para a prevenção.

Você viu?

O secretário de Cultura e Turismo de Praia Grande, Maurício Petiz, destaca a importância da adesão do Palácio das Artes à campanha Setembro Amarelo. "Como um complexo cultural que recebe centenas de pessoas de toda a região por mês, é de extrema importância que o Palácio das Artes esteja engajado na campanha, promovendo mais conscientização sobre o tema".

Espetáculo sobre suicídio

Produzido pelo Núcleo Artístico Palácio das Artes, a peça Alice Despedaçada será reapresentada no Teatro Serafim Gonzalez no próximo dia 29 de setembro, às 20 horas, com entrada gratuita.

Sucesso de público, lotando o teatro em todas as apresentações, o espetáculo conta a história de Alice, uma adolescente que sofre de depressão e tenta o suicídio. Após o episódio, a garota busca entender os motivos que a levaram ao ato extremo.

Escrito e dirigido por Selma Bosch, Alice Despedaçada foi escrito baseado em depoimentos de jovens com depressão, que sobreviveram a tentativas de suicídio ou automutilação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários