Trânsito fica intenso no local no final de tarde
Reprodução/Prefeitura de Praia Grande
Trânsito fica intenso no local no final de tarde


A Prefeitura de Praia Grande realizará um teste operacional com o objetivo de encontrar uma solução paliativa para os problemas de congestionamentos na Curva do ‘S’ que estão ocorrendo devido o intenso fluxo de veículos no final da tarde. A decisão ocorreu após vistoria técnica efetuada no local pela prefeita do Município, Raquel Chini, e representantes da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), da Polícia Rodoviária e da Ecovias.

Leia também

Na prática, a pista do viaduto no sentido Praia Grande/Mongaguá terá duas faixas de rolamento que serão implantadas no horário de pico. O teste operacional ocorrerá pelo período de uma semana e deverá ser realizado a partir do próximo dia 20. A faixa de rolamento no sentido contrário será estreitada.

Leia Também

“A Prefeitura de Praia Grande vem tentando resolver este problema nos últimos anos. Com apenas uma faixa o viaduto não aguenta essa quantidade de trânsito. A solução definitiva é a duplicação do equipamento. De forma paliativa, vamos fazer esse teste implantando uma nova faixa no sentido Mongaguá”, comentou a prefeita da Cidade, Raquel Chini.

Ao final da vistoria técnica, a prefeita reforçou que seguirá trabalhando em busca da solução definitiva para a questão, que é a duplicação do viaduto da Curva do ‘S’. “Esse projeto deveria ser do Governo do Estado, era um compromisso, e é isso que estamos pedindo. Também reforço que seguirei buscando a construção de viadutos semelhantes ao localizado no Bairro Samambaia, na altura do Caiçara, Princesa e Cidade da Criança, integrando essas regiões de Praia Grande”.

Na próxima semana serão realizados estudos, além do planejamento técnico e operacional do teste que será efetuado na Curva do ‘S’. Prefeitura, Artesp, Polícia Rodoviária e Ecovias participarão das discussões e organização do esquema especial de trabalho. A Guarda Civil Municipal (GCM) e os agentes da Secretaria de Trânsito (Setran) praia-grandense também farão parte das ações.

“O viaduto tem uma faixa por sentido e esse estrangulamento com volume alto de carros causo essa lentidão. Solução atual que está sendo buscada é temporária que será aplicada no horário de pico. Vamos reduzir uma faixa do sentido oposto e aumentar para duas faixas a subida do viaduto, duplicando sua capacidade. Relatório com os dados será formatado após o período de testes”, explicou o diretor geral da Artesp, Milton Roberto Persoli.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários