Graças ao sistema de monitoramento de Praia Grande, um homem foi preso poucos minutos após efetuar um assalto na porta de uma unidade de ensino da Cidade. Câmeras, alarmes e integração entre as polícias e a Guarda Civil Municipal são fundamentais na pronta resposta à criminalidade.

Uma funcionária chegava de bicicleta na unidade, no Bairro Ribeirópolis, quando três homens a abordaram. Um deles a ameaçou a funcionária, levando a bicicleta e sua bolsa, com ajuda de um dos comparsas. Caso aconteceu na última terça-feira (12).

Porém, um dos alarmes da unidade disparou no Centro Integrado de Comando e Operações Especiais (Cicoe) e imediatamente os operadores do local passaram a monitorar a unidade, conseguindo acompanhar a direção que os bandidos tomaram na fuga.

Equipes da GCM e da Polícia Militar foram acionadas e passaram também a percorrer as imediações. Quando um dos acusados tentava acessar a Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, foi surpreendido por uma equipe da Polícia Rodoviária. O homem fez menção de que sacaria a arma e um dos policiais efetuou um disparo em legítima defesa, atingindo a perna do suspeito.

Ele foi detido e levado para o Hospital Irmã Dulce para receber atendimento médico, sendo posteriormente conduzido ao 1º DP onde o caso foi registrado. Com o suspeito foi encontrada uma réplica de um revólver.

Leia Também

A bicicleta e a bolsa da vítima foram recuperadas e ninguém da escola se feriu, apesar do susto.

Para o secretário de Assuntos de Segurança do Município, Maurício Vieira Izumi, o sistema de segurança foi fundamental para o desfecho da ocorrência. “Tanto o alarme quanto as câmeras da unidade e do entorno deram todos os elementos para que as equipes localizassem e identificassem o envolvido. Além disso, as imagens serão importantes na investigação do caso para que a Polícia Civil venha a identificar os outros envolvidos”.

Em Praia Grande, todas as unidades de ensino, assim como as unidades de saúde e de assistência social dispõem do sistema, que já ajudou a prender e identificar outros envolvidos em crimes semelhantes.

Atualmente, a Cidade conta com 3.034 câmeras instaladas em vários pontos da Cidade, incluindo ruas e avenidas, viadutos, prédios públicos como escolas, unidades de saúde e sociais, além de equipamentos esportivos, orla da praia e áreas ambientais. Os equipamentos são dotados de modernos softwares como o de reconhecimento de caracteres (cerco eletrônico) e reconhecimento facial.

Já o Cicoe funciona 24 horas por dia, sete dias por semana, com operadores da GCM e também da Polícia Militar e Secretaria de Trânsito, além de contato direto com a Defesa Civil do Município. Um dos destaques do espaço fica por conta do videowall composto por 24 monitores de 55 polegadas de alta definição. Todas as chamadas feitas ao 199 e 153 são atendidas nesta central e direcionadas às equipes de patrulhamento e atendimento de ocorrências.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários