O que muita gente joga no lixo serve como matéria prima para o Fundo Social de Praia Grande . Tampinhas de garrafas pet e lacres de latinhas de refrigerante, cerveja, sucos e outras bebidas são trocados por cadeiras de rodas que ficam à disposição da população. A ideia começou pequena e se transformou em uma grande corrente que conta com a participação da população.

Leia também

Toda semana, o Fundo Social recebe pedidos de empréstimos de cadeiras de rodas. São casos de pessoas que sofreram acidente, que foram acometidas por alguma doença ou que têm deficiências permanentes. O serviço é realizado gratuitamente para aqueles que não têm condições
de pagar pelo aparelho.

De acordo com a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Maria Del Carmen Padin Mourão, a Maruca, a quantidade de cadeiras não dá conta da demanda, por isso todo o reforço é bem-vindo. “É uma ação simples e muito bacana, todo mundo pode participar”.

Quem quiser ajudar pude doar qualquer quantidade dos produtos nas unidades sociais instaladas pelo Município (PIC, Cafe e Conviver) ou na sede do Fundo Social, na Rua Emancipador Paulo Fefin, nº 775, no Bairro Boqueirão. O telefone de contato é 3496-5001.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários